Teenage Fanclub, The Week em 11.05.2011

maio 12, 2011

Desde os primeiros boatos de uma nova apresentação do Teenage Fanclub em São Paulo entusiastas da banda se colocaram em estado de alerta. A confirmação da data, dia 11 de maio e o lugar, a The Week, vieram junto da dificuldade para comprar os ingressos, só vendidos através do site “Ingresso Rápido”. Acabei não conseguindo e perdi as esperanças, mas no final da história por conta de um amigo ter desistido dessa aventura, lá estava eu de ingresso na mão testemunhando novamente os rapazes de Glasgow passando a limpo 20 anos de boa música.

Diferente da outra oportunidade em maio de 2004, onde o repertório foi espalhado em tres apresentações na choperia do Sesc, nessa volta eles teriam apenas uma noite para mostrar porque são o que são, e foi justamente o que aconteceu, a banda percorreu sua discografia pontuada de clássicos do “indie” rock mundial e levou o público nessa jornada até o início do anos 90 com a catártica “Everything Flows”, uma experiência unica para a audiência, veteranos tocando com tanta garra e simpatia e o público cantando e dançando, puro divertimento, todos pareciam crianças em um parque de diversão. Lindo!!!

Na medida do possível acompanhei tudo que a banda gravou, do início flertando com texturas quase “grunge”, indo ao aprimoramento de melodias e referências do power pop e folk-rock dos ícones Big Star, Byrds e Neil Young, todos os discos da banda tem sua relevância dentro da história do rock. Procurando pelos álbuns que mais me identifico, chego em uma divisão que corresponde a passagem dos bateristas pelo grupo, Francis McDonald, Brendan O’Hare, Paul Quinn e novamente Francis McDonald, fico então com dois grandes discos da banda “Grand Prix” de 95 e “Songs From Northern Britain” de 97, com Paul Quinn na batera. Porém isso é só uma observação pessoal, pois cada disco com seus respectivos bateristas se tornaram uma nova faceta da banda. “Man-Made”, por exemplo (de 2005, e que foi lançado aqui pela Slag) foi um disco que ouvi até furar.

O show do Teenage quase que conta a minha própria história curtindo música por essa cidade imensa, sem dúvida um grande momento, e que me foi possibilitado na última hora. (Edu meu camarada te devo essa)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: